Podemos conseguir Insights no Relacionamento através de perguntas.

Pessoas solteiras com o tempo podem apresentar comportamentos “crônicos”, enrijecidos, simplesmente por não terem, no dia a dia, quem os contrarie…

Como não somos perfeitos, no relacionamento conjugal, sempre haverá algo que o cônjuge irá criticar ou delicadamente sugerir mudanças… Isto acaba nos tornando mais flexíveis e podendo nos levar a um crescimento constante, fazendo do relacionamento conjugal, uma oportunidade para cada cônjuge curar a si mesmo e como bônus transformar a si mesmo e o cônjuge.

Por que se fazer perguntas?

Porque perguntas orientam o nosso diálogo interno tanto conosco como com os outros. Não apenas molda a nossa identidade como também nossos padrões de comportamento e hábitos, o que nos tornamos e o sentido de nossas vidas.

Esse olhar interior nos permite fazer um feedback sobre onde estamos e onde desejamos chegar.

Diálogo interior, enraizado no medo e formas defensivas, podem nos desviar de perguntas que poderiam enriquecer nossa vida e relacionamentos, levando a repetir sentimentos presos não resolvidos e padrões de conflitos intensificados.

Inconscientemente, cônjuges podem ter perguntas internalizadas que podem induzir a erro, sobre como funcionam os relacionamentos, as leis e os princípios que regem a natureza humana.

Vejamos algumas 8 perguntas que podem nos ajudar a construir Insights no Relacionamento:

1. Estou “inteiro” no relacionamento?

Todos nós ansiamos um amor incondicional. Mas o dia a dia íntimo, com todo o estresse dos problemas diários, fatalmente mostrará todas as nossas debilidades e fraquezas.

Se no relacionamento houver medos, inseguranças… O cônjuge poderá não estar “inteiro” e sim poderá “andar pisando em ovos”, com omissões, até com mentiras e enganos.

Você precisa acreditar em seu valor, confiar que você não é um ser acabado e sim que é um ser em construção.

Precisa estar em um relacionamento em que você pode ser amado como você é, o que não lhe dá o direito de ser grosseiro, preguiçoso ou aproveitador.

2. Tenho um diálogo de primeiro nível?

Num diálogo de primeiro nível os dois cônjuges estão conscientes tanto na fala quanto na escuta.

Sabemos da neurociência, que a inteligência emocional(IE), mais que o quociente intelectual (QI) é fundamental para o sucesso tanto na carreira profissional como nos relacionamentos.

Num diálogo de primeiro nível você está emocionalmente envolvido e usa sua inteligência emocional, com recursos poderosos e conversas interiores inteligentes que curam e são capazes de libertar e assim pode estar totalmente envolvido no presente.

3. Acredito que eu posso mudar o meu cônjuge?

Uma das maiores armadilhas em que se pode cair, no casamento, é pensar que se pode mudar o cônjuge.

Ninguém pode mudar ninguém!

A única forma de ocorrer mudanças é através de insights, em que a pessoa toma o controle de sua vida e se propõe a mudar.

Triste ilusão de cônjuges, pais, amigos… Pensar que podem mudar uma pessoa!

Muito pelo contrário, o que se consegue é um afastamento, a pessoa que quer mudar a outra se transforma em objeto aversivo, de quem se quer distância.

4. Espero que meu cônjuge me faça feliz?

Por outro lado, é outra triste ilusão pensar que alguém pode lhe fazer feliz.

Por muito que o seu cônjuge lhe ame, ele poderá acrescentar a sua felicidade, porém nunca ser a fonte de sua felicidade.

A fonte da felicidade é interior.

Somente você tem o poder de mudar a sua história, através da análise de seus pensamentos e fazendo escolhas, a cada momento, de que futuro você quer alcançar.

Serão as percepções de suas experiências e suas respostas a elas, que lhe causarão ou não a felicidade e a forma como você está construindo o seu futuro.

5. Que futuro estou construindo hoje?

Hoje eu sou fruto do passado.

Hoje eu construo o meu futuro.

A grande pergunta é: Que metas? Que sonhos? E principalmente, o que estou fazendo hoje para alcançar os meus sonhos para o futuro?

É um grande desafio não perder a conexão:

Conexão com o passado, pois é o nosso grande tesouro, onde estão todos os nossos aprendizados, nossas experiências, nossas lembranças. É preciso olhar para o passado como um grande porão, onde há coisas que nunca mais vamos usar, mas que há coisas preciosas que não queremos e não podemos perder.

Conexão com o futuro, que desejamos criar como pessoa e como casal. Para criar um futuro feliz, você precisa de metas, sonhos, objetivos inspiradores, fé.

Você vai precisar de metas de longo, médio e curto prazo.

Conexão com o presente.

O presente é o nosso laboratório.

O presente é o local onde podemos modificar tanto as lembranças passadas, como reescrever a nossa história.

No hoje está o nosso poder!

6. Tenho trabalhado com meu cônjuge ou contra meu cônjuge?

Diariamente enfrentamos muitos desafios. A vida diária será muito mais fácil, muito mais leve, se o casal se unir para dividir as tarefas que precisam ser realizadas.

O casal será muito mais forte, se em vez de lutarem entre si, unirem as forças para lutarem juntos contra as dificuldades.

7. O que tenho feito para mudar as situações desagradáveis, conflitantes?

Tenho me conformado ou tenho tentado “tomar as rédeas” da situação?

Tenho “colocado a mão na massa” para encontrar uma saída aos problemas que se apresentam?

Não podemos cruzar os braços, esperar que tudo se resolva ou que seja o cônjuge que faça… A vida é muito curta, passa ligeiro, precisamos contribuir com o que for possível para ter uma vida conjugal feliz.

8. Quanto tenho de compromisso com nosso relacionamento conjugal?

Você está comprometido a pagar o preço para ter um relacionamento conjugal enriquecedor?

Lembre-se: “Não há comidas grátis!”

Tudo tem um preço. Temos um preço a pagar, mas este preço que você está disposto a pagar, só não pode ser à custa de sua saúde espiritual, mental ou física.

Momento Coaching

–>Páre, reflita e responda cada uma dessas perguntas.

Se estas perguntas podem lhe ajudar nos seus insights, não saia sem deixar um comentário. Deixe sua opinião, deixe seu questionamento e… Compartilhe, quem sabe você vai ajudar a um amigo!!!

Club Mindset do Relacionamento é um programa online onde você pode exercitar o Pensar Saudável, ter Auto Estima em Alta e  encontrar ajuda para ter um Amor Sem Limites.

 


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *