Ao completarmos 45 anos de casados (4.setembro.2016), comecei a meditar quais seriam os sinais de um feliz casamento. 

Compartilho minhas conclusões atualizadas aos 47 anos:

  1. Fidelidade absoluta.
  2. Confiança absoluta um no outro.
  3. Respeito mútuo.
  4. Admiração mútua.
  5. Sem cobranças do Esposo: nunca exigir que a esposa seja uma “dona de casa”.
  6. Sem cobranças da Esposa: nunca exigir que o esposo “sustente a casa”.
  7. Responsabilidade compartilhada no sustento da casa.
  8. Responsabilidade compartilhada na manutenção da casa.
  9. Responsabilidade compartilhada no cuidado com os filhos.
  10. Responsabilidade compartilhada na educação dos filhos.
  11. Conta bancária única sempre, nos maus e nos bons momentos.
  12. Nunca fazer nada sem o consentimento mútuo. 
  13. Muita comunicação.
  14. TV é desligada pra poder conversar. 
  15. Sonhar juntos. Aproveitar momentos de grandes dificuldades para elaborarem um grande sonho. 
  16. Esposo/a sempre fala para a espos0/aa que a ama de muitas e de diferentes maneiras.
  17. Esposo sempre fala que a esposa é linda, que está linda!
  18. Esposo admira a organização da esposa. 
  19. Esposo/a admira o caráter da esposo/a. 
  20. Esposo/a admira a determinação da esposo/a. 
  21. Não ficar imaginando o que o outro está pensando ou se o outro fez ou não algo. Em caso de dúvidas, pergunta-se e acredita-se no que o outro fala.
  22. Sempre que o esposo fizer algo que desagrada, a esposa pensa: “E eu? Faço tudo que lhe agrada? Com certeza, não! Com certeza estou longe de ser capaz de fazer o que ele gostaria que eu fizesse! Esse pensamento sempre ajuda a não cobrar tanto! 
  23. Interdependência sim! Dependência Não! Entre a companhia, apoio e a dependência há uma linha muito tênue. Depender do esposo/a, isto é, absolutamente não poder viver sem ele ou ela – é cruzar a linha de perigo. 
  24. Ser feliz por si mesmo, não esperar que o esposo/a seja responsável pela sua felicidade. Ninguém faz ninguém feliz. O cônjuge só pode contribuir para a felicidade, não ser a causa da felicidade. 
  25. Jamais mentiras, nem grandes nem pequenas. 
  26. Diálogo franco, verdadeiro, mas “Verdade em amor”. (Efésios 4.15) 
  27. Comprometimento em tempos de alegrias e vitórias. 
  28. Comprometimento em tempos difíceis, de enfermidades e de tristezas. 
  29. Cumplicidade em momentos de equívocos, assumindo e ajudando o cônjuge em suas dificuldades. 
  30. Prática constante de perdão pelos próprios erros. 
  31. Prática constante de perdão pelo erro do cônjuge. 
  32. Muita afinidade. 
  33. Muitos interesses comuns. 
  34. Compartilhar os mesmos valores. 
  35. Afinidade espiritual. 
  36. Inclusão do cônjuge no seu futuro. 
  37. Inclusão do cônjuge nos seus negócios. 
  38. Inclusão do cônjuge no seu lazer. 
  39. Inclusão do cônjuge nos seus sonhos. 
  40. Recursos interiores para enfrentar as frustrações. 
  41. Em momentos difíceis, quando parecer que o amor está acabando, confiar que é o Espírito Santo quem derrama o amor ágape em seus corações (Romanos 5.5). 
  42. Entender que não têm que lutar um contra o outro e sim, devem se unir para enfrentar as dificuldades do dia a dia. 
  43. Quando precisar discutir um assunto, não fugir do tema. 
  44. Constantemente buscar juntos a ajuda divina para o seu dia, pois sabem quem é o verdadeiro inimigo do casal. 
  45. Procurar tratar um ao outro com muito carinho, não aceitar grosserias em hipótese alguma. 
  46. Esforço mútuo dos cônjuges para que ambos tenham vida abundante.
  47. Tratar com delicadeza um ao outro, sempre!

Se este artigo contribuiu para você, deixe um comentário, deixe sua opinião, deixe seu questionamento e… Compartilhe, quem sabe você vai ajudar a um amigo!!!

Club Mindset do Relacionamento é um programa online onde você pode exercitar o Pensar Saudável, ter Auto Estima em Alta e  encontrar ajuda para ter um Amor Sem Limites.


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *